Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

Pequenos Ditadores

 

child-594519_1920 - Foto de Pixabay

 

 

   Com base no livro O Pequeno Ditador Cresceu, do psicólogo clínico e pedagogo terapeuta Javier Urra (2016), há que adotar medidas contra a “pandemia” que se assiste em Portugal e Espanha, por forma a evitar que os pais sejam maltratados pelas suas crias, os tiranos.
 
 
   De acordo com Ana Cristina Marques, jornalista do Observador, em 10 de fevereiro deste ano, eis algumas normas básicas de disciplina para os mais novos, retiradas da obra de Javier Urra:
 
 
- Obedecer aos pais;
- Não bater (aos pais, irmãos, amigos);
- Não mentir;
- Não responder com maus modos;
- Não gritar quando se zanga;
- Não interromper os mais velhos quando estão a falar;
- Não partir ou estragar coisas da casa e da escola;
- Não tirar coisas aos irmãos e/ou amigos;
- Respeitar os horários para almoçar, jantar, estudar, brincar e ir para a cama;
- Não ameaçar os pais que vai fugir de casa.
 
 
 
   E para que uma ordem ou instrução seja eficaz…
 
 
 
- Dê apenas uma instrução de cada vez, não repita ordens mil vezes;
- É mais eficaz dar uma ordem de maneira consecutiva do que tentar impor várias ao mesmo tempo;
- Dê oportunidades de obedecer mediante avisos e lembretes;
- Elogie a obediência e estabeleça consequências para a desobediência. Se a criança sabe que uma atitude ou ação concreta implica sanção e a comete, que esta seja cumprida.
 
 
 
Fonte
 
Marques, A. C. (2016). 5 Sinais de que o Seu Filho não é um Pequeno Ditador. Acedido a 21 de fevereiro de 2016 em http://observador.pt/2016/02/10/5-s...

Hoje, é o Dia Internacional da Criança com Cancro

Como tal, eu...

 

nao fico indiferente

 

 

Saiba mais sobre o cancro pediátrico.

Como Veem, Ouvem e Sentem os Autistas

 

Vejamos o vídeo da The National Autistic Society.

 

 

 

Sessão sobre Hábitos de Higiene Corporal e Alimentação Saudável

toothbrush-309145_1280 @ Pixabay

 

 

   De acordo com a O.M.S. (1946), a Saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência da doença ou da enfermidade. Vários são os seus indicadores e é de suma importância a articulação entre a Escola e as entidades de Saúde do meio envolvente, tornando-a agente promotor de Saúde.


   No dia 26 de janeiro, os alunos abrangidos por um Currículo Específico Individual (CEI) do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, beneficiaram de uma ação de sensibilização para os Hábitos de Higiene, dinamizada pela Enfermeira Joana Lopes e pelas Estagiárias da Escola Superior de Saúde de Viseu, Cátia Macieira, Helena Martins e Sofia Laginhas da Unidade de Cuidados na Comunidade Aristides de Sousa Mendes do Centro de Saúde de Carregal do Sal. Nesta sessão foram abordadas diferentes formas de assegurar a saúde do nosso organismo, indo ao encontro das faixas etárias envolvidas.

 

   As mesmas Técnicas de novo dinamizaram também para os mesmos destinatários, no dia 2 de fevereiro, uma Acão sobre Alimentação Saudável, tantas vezes descurada no nosso país, de acordo com alguns dos indicadores de Saúde. Durante a sessão os discentes foram convidados a traçar um Regime Alimentar “Ideal”, apontando medidas preventivas e comportamentos assertivos.

 

   As ações de sensibilização para os Hábitos de Higiene e uma Alimentação Saudável foram dinamizadas pelo Departamento de Educação Especial do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, em articulação com as Enfermeiras já nomeadas, da Unidade de Cuidados na Comunidade Aristides de Sousa Mendes do Centro de Saúde de Carregal do Sal. Além dos alunos também estiveram presentes os Professores responsáveis pelos alunos com CEI, António Gonçalves, Maria de Fátima Monteiro, Paula Costa, Paulo Vasco Pereira e Sílvia Alves.


   Recordando:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dia da Segurança na Internet

   

facebook - imagem de Pixabay

 

 

   Hoje, para além do Dia de Carnaval, celebra-se o Dia da Segurança na Internet.

 

 Perante o crescimento das redes sociais, APP, tecnologias e algumas assimetrias entre gerações no conhecimento e domínio da internet, é de suma importância nesta navegar em segurança. Para tal, com os leitores partilho alguns ficheiros que podem descarregar clicando no nome dos documentos.

 

 

 

  • The Web We Want, traduzido para português e dirigido a professores/educadores. Também disponível no SeguraNet.

Pág. 2/2