Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

As Queens of Africa

   Taofick Okoya, nigeriano, querendo oferecer uma boneca negra à sua sobrinha, constatou que no mercado do seu país há uma grande quantidade de bonecas brancas e nenhuma negra, mesmo estando na Nigéria, o maior país com população de raça negra do mundo. Como diretor executivo de uma empresa de utensílios plásticos resolveu criar uma linha de bonecas inspirada nas rainhas negras: as Queens of Africa.

 

- A ideia é promover a autoaceitação e a confiança nas crianças africanas e nigerianas. Queria que elas gostassem de si mesmas e de sua raça. Percebi que a superexposição a bonecas e personagens brancos fazia com que elas desejassem ser brancas 

 

 

Eis três exemplares.

 

Queens of Africa

 

   Na UEEA do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal desde sempre educámos os nossos os nossos alunos para a diversidade, promovendo o respeito, aceitação e a integração. A fotografia que divulgamos apresenta uma das bonecas com as quais os nossos alunos brincam na Unidade (sim, os rapazes também brincam com bonecas se assim for seu desejo, sem qualquer influência na sua orientação/condição sexual!) e algumas das "esculturas", em plasticina, moldadas pelo nosso Artista de apenas 9 anos.  

 

De Paulo Vasco Pereira na UEEA2015-11-15

 

 

Fontes

O Incrível Zé

Arquivo de Fotografias da UEEA do AECS p/ Paulo Vasco 

Somos Iguais, Diferentes - A Técnica

   Ainda se recorda do cartaz apresentado pelo aluno que frequenta a nossa UEEA, estando integrado numa turma do 7.º ano?

 

Aqui está parte da sua "obra" fotografada, por um dos professores.

 

Somos Iguais Diferentes

 

 

Quer conhecer a técnica utilizada?

 

Para tal, observe o slideshow.

(Nota: dado o processo de configuração da "galeria" - slideshow - por parte do Sapo, na altura da elaboração desta publicação, não nos é possível apresentar as fotografias organizadas.)

 

 

O Pequeno Trevo - Parte II

   Estamos certos de que ainda se recorda da história do Pequeno Trevo. Neste espaço, ela foi partilhada mas caso as gavetas da sua memória não estejam organizadas ou atravessem um momento de alguma lotação, não hesite e clique na hiperligação.

   Na UEEA de Carregal do Sal, o Pequeno Trevo serviu de mote às diferentes intervenções nos dias 19 e 20 deste mês.

 

   Atendamos ao olhar dos nossos alunos, analisando os trabalhos produzidos e algumas das suas formas de expressão. Para uma correta visualização, não esqueça de utilizar as setas que surgem nas apresentações.

 

O Olhar do A.

 

 

 

 

 

 

 

 Os Olhares de X, Y e Z