Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

Um Só Mundo

Numa Escola inclusiva/ democrática, um espaço de partilha, aprendizagem e reflexão.

Kids United - Imagine

Palavras para quê?

 

 

Exposição: Espiral da Memória...Uma Viagem no Tempo

   No ano em que se assinalam 75 anos sobre o ato de Aristides de Sousa Mendes e 70 anos da libertação do Campo de Concentração de Auschwitz, e perante a temática do projeto UNESCO, Refugiados e Heróis, do Passado e do Presente, desenvolvido este ano letivo no Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal, no Museu Manuel Soares de Albergaria pode visitar a exposição Espiral da Memória...Uma Viagem no Tempo. Esta é constituída por uma série de 63 fotografias registadas em julho de 2014, no âmbito da viagem realizada pelas docentes Dores Fernandes, Cristina Festas a Auschwitz-Birkenau.

 

 

   Relativamente ao museu, de acordo com a página Carregal Digital

 

Encontra-se instalado no antigo edifício brasonado tradicionalmente conhecido pela população local como «Casa das Correntes» ou Solar dos Soares de Albergaria . O Imóvel é um belíssimo exemplar da arquitetura de meados do Século XX, de indelével planta em L, constituído por piso térreo e andar nobre. Da sua gramática decorativa sobressaem as sóbrias e elegantes fachadas, a arcada do alçado sul com escadaria em granito de dupla entrada e, virada a Norte, a varanda alpendrada, ao lado da qual ostenta o brasão de armas dos Albergarias.  

 

 

Carregal-digital.pt.(2015) Encontrado a 20 de dezembro de 2015, em http://www.carregal-digital.pt/pt/articles/museu-municipal/museu-municipal-manuel-soares-de-albergaria

   

 

Perante o atual flagelo dos refugiados e o carácter cíclico da História, o Um Só Mundo não podia deixar de divulgar esta iniciativa.

 

 

 

Não deixe de visitar!

E refletir...

 

cartaz espiral da memória

 

 

As Queens of Africa

   Taofick Okoya, nigeriano, querendo oferecer uma boneca negra à sua sobrinha, constatou que no mercado do seu país há uma grande quantidade de bonecas brancas e nenhuma negra, mesmo estando na Nigéria, o maior país com população de raça negra do mundo. Como diretor executivo de uma empresa de utensílios plásticos resolveu criar uma linha de bonecas inspirada nas rainhas negras: as Queens of Africa.

 

- A ideia é promover a autoaceitação e a confiança nas crianças africanas e nigerianas. Queria que elas gostassem de si mesmas e de sua raça. Percebi que a superexposição a bonecas e personagens brancos fazia com que elas desejassem ser brancas 

 

 

Eis três exemplares.

 

Queens of Africa

 

   Na UEEA do Agrupamento de Escolas de Carregal do Sal desde sempre educámos os nossos os nossos alunos para a diversidade, promovendo o respeito, aceitação e a integração. A fotografia que divulgamos apresenta uma das bonecas com as quais os nossos alunos brincam na Unidade (sim, os rapazes também brincam com bonecas se assim for seu desejo, sem qualquer influência na sua orientação/condição sexual!) e algumas das "esculturas", em plasticina, moldadas pelo nosso Artista de apenas 9 anos.  

 

De Paulo Vasco Pereira na UEEA2015-11-15

 

 

Fontes

O Incrível Zé

Arquivo de Fotografias da UEEA do AECS p/ Paulo Vasco 

Somos Iguais Diferentes - a Letra

   Seguramente ainda se lembra da publicação em que lhe apresentamos o tema Somos Iguais Diferentes. Esta música é de suma importância para a comemoração do Dia do Portador de Deficiência no nosso Agrupamento de Escolas. 

 

   Aqui, deixamos-lhe a letra que pode descarregar, caso assim o pretenda.

 

 

Por um Mundo Justo

   Neste nosso espaço preocupamo-nos com as crianças, seus deveres e seus direitos. Atendemos a que este nosso mundo não deixa de ser um só, não obstante os seus defeitos. Erguemos os braços e damos voz à campanha da UNICEFPor um Mundo Justo.

 

 

   A luta pela equidade.

 

unicef.jpg

 

unicef2.jpg

 

unicef3.jpg

 Fotos: aqui

Um Novo Rumo para o Meu Brinquedo

   Não se trata apenas de uma questão de por em prática a "Regra dos R". Trata-se também de uma forma de ensinar as nossas crianças (filhos ou não) a partilhar e a constatar a existência de diferenças e assimetrias neste nosso mundo. Simultaneamente assiste-se à transmissão de atos e valores de solidariedade. Por outro lado, com pequenos gestos que custam tão pouco, está a contribuir para o desenvolvimento integral de um semelhante, em crescimento, ainda sem defesas e muitas vezes com limitações de vária ordem. 

   Abrace esta causa.

   Dê um novo rumo a um "seu" brinquedo e ajude a "construir" uma criança feliz.

 

O Departamento de Educação Especial abraça esta causa.

E você? Do que está à espera?

 

Um Novo Rumo para o Meu Brinquedo

 

 

Pesquisar

 

Ainda sobre nós

foto do autor

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Envie-nos a Sua Mensagem

Licença

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Siga-nos no

follow us in feedly

subscrever feeds

Acompanhe-nos no

Follow

Posts mais comentados

Protected by Copyscape

Um blogue Português!